L'Océan

L'Océan, navio com cerca de 60 metros de comprimento e que armava 80 canhões, era o navio almirante de uma frota Francesa de 14 navios que em plena Guerra dos Sete Anos se envolveu num confronto com a poderosa armada Inglesa.
Desenhos de João Sá Pinto - Fotos de Augusto Salgado, Pedro Caleja e Filomena Sá Pinto - @subnauta
Bandeira: França
Tipo: Navio de Linha
Propulsão: Velame
Casco: Madeira
Arqueação: Desconhecida
Comprimento: Desconhecida
Boca: Desconhecida
Altura: Desconhecida
Velocidade: 10 nós
Guarnição: 800 homens
Construtor: Estaleiros Navais da Marinha Francesa de Toulon
Data de lançamento: 1759
Naufrágio
Carga: Nenhuma
Local: Praia da Salema
Profundidade: 6 a 9 metros
Estado:

L'Océan, navio com cerca de 60 metros de comprimento e que armava 80 canhões, era o navio almirante de uma frota Francesa de 14 navios que em plena Guerra dos Sete Anos se envolveu num confronto com a poderosa armada Inglesa.

Conhecido como a "Batalha de Lagos", teve o seu capítulo final a 18 de Agosto de 1759 junto às fortalezas de S. Luís de Almádena e do Zavial, quando o Océan e o Redoutable procuraram a defesa das baterias portuguesas para varar à praia e salvar as mais de 800 almas a bordo.

Engolida pelo esquecimento, os contornos desta história voltaram a desenhar-se durante os anos 70 quando o Océan foi encontrado e alvo de recuperação de salvados.

Em 1984, com a primeira intervenção e estudo arqueológico subaquático em Portugal, se permitiu conhecer um pouco mais sobre a história trágico-marítima deste imponente navio, tendo-se posteriormente montado um itinerário ligando as várias estações do naufrágio, com descrição das peças existentes, permitindo aos mergulhadores fazer o percurso subaquático entre os destroços.

Entre os vestígios encontra-se a imponente âncora de misericórdia com cerca de cinco metros e meio e mais de três toneladas e alguns canhões em ferro (oito, doze, e dezoito libras), além de um grande cadernal com gato destinado à alagem do ferro de amura.

Mas o mais fascinante é poder encontrar, parcialmente escondido pela areia e concreções, os restos do esqueleto de madeira do velho navio que repousa há 250 anos no fundo do oceano.

1130x100 novo footer grey 

  

SUBNAUTA – Comércio e Aluguer de Embarcações e Artigos Náuticos, SA
Rua Eng. José Bívar Edificio Scorpius - Loja B 8500-806  Portimão,  Algarve,  Portugal.
  info@subnauta.pt | Tel.: +351 93 557 7000 | +351 93 557 7001 | +351 93 557 7002 | www.subnauta.pt

© Copyright 2015 SUBNAUTA – Comércio e Aluguer de Embarcações e Artigos Náuticos, SA  | Todos os direitos reservados